Seis Meses de Blog! E agora?

Seis meses de blog. Dá pra acreditar nisso?
É claro que dá pra acreditar, afinal esse blog agora existe. Mas seis meses atrás era um projeto que me inspirava e assustava ao mesmo tempo. Com certeza eu não estava pronta, não sabia nada de SEO e lembro de passar um sábado inteiro tentando arrumar o layout (ainda estou tentando, só que agora com mais sucesso). Mesmo assim eu decidi que iria “pôr a minha cara no sol” e mostrar meus textos ao mundo. E essa foi a melhor decisão que tomei nos últimos tempos.

 

Como já disse várias vezes, escrever sempre fez parte da minha vida. Independente da fase que eu estivesse passando, sempre houve uma plataforma para exercitar minha criatividade, então agora que sou uma adulta isso não poderia ser diferente. Escrever no blog tem me ajudado muito a refletir sobre esse momento atual e o que está por vir. E quero compartilhar algumas descobertas desses últimos 6 meses.

 

Eu não sei ser “blogueirinha”

 

Não foi muito difícil chegar a essa conclusão. Blogueiras são simpáticas, adoráveis, postam várias vezes por mês, falam dos assuntos como se estivessem falando com a gente pessoalmente, e elas tem um dom muito interessante de receber coisas dos outros. E eu não sou assim.  Só de pensar em ter que tirar minhas próprias fotos para cada postagem já me deixa suando frio.

 

E sem contar que pra começar a ganhar coisas das pessoas, primeiro eu teria que comprar várias coisas e fazer várias postagens dessas coisas. Eu deveria fazer resenha do fone de ouvido que comprei de última hora porque o antigo pifou no lado esquerdo? Quem sabe eu poderia falar das verduras que mais gosto de ter na minha marmita? Como vocês podem ver, a minha vida é normal demais pra ser uma digital influencer.

 

Escrever nunca foi tão difícil

 

Diferente de outras épocas e plataformas, nunca fui tão exigente comigo mesma. Escrever um texto nunca foi tão desafiador. Não importa o quanto eu tente, nunca me sinto 100% satisfeita com o escrevo. Meus pensamentos e emoções parecem não parecem fazer muito sentido quando os transformo em palavras. Conte-me sobre frustração.

 

Blog virou um negócio

 

Quando decidi investir na idéia do blog, fiz várias pesquisas pra me atualizar sobre a blogosfera. Descobri que ter um blog deixou de ser apenas um diário online e se tornou um portfólio onde as pessoas ganham dinheiro. E o mais interessante: pessoas ganham dinheiro ensinando blogueiros a ganhar dinheiro! Por um lado, acho muito legal que as pessoas ainda encontram modos de empreender por pior que o nosso país esteja. Por outro lado, parece que criar por diversão deixou de ser a regra e as pessoas entram na blogosfera apenas por fama e dinheiro.

 

Vale muito a pena

 

Não tem sido fácil conciliar o blog com a minha rotina louca, superar bloqueios criativos e o medo do julgamento. E tem sido mais difícil ainda lidar com a minha crítica interior. Mas nada disso muda o fato de que essa tem sido uma experiência maravilhosa e surpreendente. Estou mais feliz quando sou capaz de criar e inovar, então esse blog tem me feito muito feliz. Rumo aos próximos seis meses, e parabéns pra mim!

Ps.: Esse é o último post do ano aqui no blog, então já desejo feliz natal e feliz ano novo para todos. Janeiro eu volto a postar, mas continuarei ativa no instagram e no facebook 😉

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: